ACADEMIA E O EFEITO EPOC!

ACADEMIA E EFEITO EPOC

O QUE É O EFEITO EPOC NA ACADEMIA?

Quando você termina um treino intenso na academia, sabe que você queimou um número significativo de calorias. Mas o que você pode não perceber é que seu corpo continua a queimar calorias mesmo quando não está mais treinando. Esse processo é chamado de excesso de consumo de oxigênio pós-exercício (EPOC).

O EPOC é simplesmente a maneira como o corpo relaxa após o exercício. Nossos corpos usam oxigênio para produzir energia enquanto nos exercitamos, e exercícios que usam mais oxigênio – tudo que é de alta intensidade, como um treino intervalado – queima mais calorias.

Após o exercício, seu corpo precisa reequilibrar seus hormônios, reabastecer seus estoques de “combustível” e reparar células e tecidos musculares danificados para ajudá-lo a retornar ao seu estado normal. Para isso, você gasta energia. Como resultado, seu corpo continua a queimar calorias mesmo depois que seu treino é concluído. Pense no seu corpo como se fosse um carro. Se você fizer uma longa viagem e desligar seu carro, ele não ficará frio automaticamente. Ele ainda ficará quente no período de uma a cinco horas depois.

Podemos dizer então, que o efeito EPOC é aquele capaz e responsável por manter o metabolismo acelerado, mesmo após a finalização dos seus treinos! Entretanto, vale ressaltar que para que esse efeito ocorra, os músculos precisam chegar ao ponto de fadiga, ou seja, realizar um trabalho de intensidade que esgote sua energia muscular. Quando isso acontece, logo após os treinos devido ao estresse gerado no organismo, seu físico trabalha para se recuperar e isso acontece em duas etapas:

EPOC RÁPIDO


É a primeira etapa, que acontece logo após um treino de forma intensa e breve. Nesta etapa o foco é na recuperação dos estoques de oxigênio e creatina, remoção do “lixo metabólico” e da temperatura corporal;

EPOC LENTO


É a segunda etapa, e pode durar de minutos a horas. Quanto mais intensa for a intensidade da prática, maior será sua educação. Sendo esse, o momento da ativação do metabolismo de gordura e da recuperação dos estoques de glicogênio nos músculos.

Juntos, essas etapas formas esse efeito que pode ser otimizado através de treinamentos resistidos de alta intensidade praticado em academia, como a musculação. Desde que haja cuidado e moderação, a fim de evitar um desgaste excessivo que eleva o tempo para recuperação e dificulta os resultados positivos do EPOC.

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *